Trombeta
Nira no Frevo

 

Autoria: Leonildo Barbosa e Julião Barbosa

Gênero: Frevo de Rua

Formato: Arquivo em PDF

Preço: R$  10,00

Versões: Big Band

                Banda Sinfônica

NIRA NO FREVO

SOBRE A OBRA:

Partitura e partes individuais de "Nira no Frevo", escrito por Leonildo e Julião Barbosa para participar do II Concurso "Moacir Santos" de Composição para Bandas 2012, realizado pelo Conservatório Pernambucano de Música, ficando classificada em 5º lugar na categoria "FREVO DE RUA".  Foi dedicado à mãe de Leonildo Barbosa, Alzenira de Lima Barbosa da Silva, conhecida como Nira.

Versões para Big Band e Banda Sinfônica:


Instrumentação para BIG BAND:
1º e 2º Saxofones Altos
1º e 2º Saxofones Tenores
Saxofone Barítono
1º, 2º, 3º e 4º Trompetes
1º, 2º e 3º Trombones
Trombone Baixo
Tuba
Base/Baixo Elétrico
Percussão (Caixa, Pratos, Bombo, Paneiro, Triângulo)

Instrumentação para BANDA SINFÔNICA:

Flautim

Flautas 1 e 2

Oboé

Corne Inglês

Requinta

Clarinetas 1 a 3

Clarone

Saxofones Altos 1 e 2

Saxofone Tenor

Saxofone Barítono

Fagote

Trompas 1 a 4

Trompetes 1 a 4

Trombones 1 a 4

Bombardinos

Tuba

Percussão (Caixa, Pratos, Bombo, Paneiro, Triângulo)

-
00:0000:00

SOBRE OS AUTORES:

Leonildo Barbosa

Nascido em primeiro de maio de 1971 na cidade de Bom Jardim, Pernambuco, Leonildo Lima Barbosa estudou clarinete e saxofone com o seu tio e maestro Lula Barbosa.

 

Tocou nas bandas de música do Grêmio Lítero Musical Bonjardinense e da Sociedade Musical 19 de Julho, na Banda Kallyent’s e na Orquestra de Frevo Lula Barbosa.

Foi classificado em 5º lugar no II CONCURSO "MOACIR SANTOS" de Composição para Bandas 2012, na categoria Frevo de Rua, promovido pelo Conservatório Pernambucano de Música, em dezembro de 2012.

Julião Barbosa

Nascido em 16 de dezembro de 1981 na cidade do Recife, Julião Adelino Barbosa é arranjador, compositor e clarinetista graduado pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

 

Iniciou seus estudos musicais com seu irmão Felipe Barbosa e, posteriormente, com o Maestro Lula Barbosa, seu tio.

 

Foi clarinetista da Banda da Sociedade Musical 19 de Julho (Bom Jardim-PE) e da Banda de Música do Grupamento de Fuzileiros Navais de Natal-RN. Foi sócio-fundador e guitarrista do Octeto Orquestra (orquestra de baile de Bom Jardim-PE), instrutor de harmonia e arranjador no Centro de Instrução Almirante Sylvio de Camargo (Rio de Janeiro-RJ) e clarinetista, arranjador e compositor da Orquestra Potiguar de Clarinetas (Natal-RN).

 

Foi classificado em 1º lugar no concurso para escolha da Canção da Associação de Veteranos Fuzileiros Navais, realizado no Rio de Janeiro em 2013, em parceria com Deildo dos Santos (criador da letra da canção), e em 2º lugar no II CONCURSO "MOACIR SANTOS" de Composição para Bandas 2012, na categoria Dobrado, promovido pelo Conservatório Pernambucano de Música, em dezembro de 2012.